quarta-feira, 18 de março de 2009

Urgências do Coração


Tem horas que a gente precisa extravasar o que sente em algum lugar.
Num papel, numa canção.

Tem hora que o que sentimos é tão grande, mas que justamente por ser tão grande não pode ser direcionado a quem deveria...
...tem que ser amainado como uma grande tempestade é acalmada numa serra e vira uma chuva gostosa um pouco depois dali...


Ai o nosso coração que está grande mal cabendo dentro do peito se alivia um pouco e não se sufoca por si só...


Quédate un segundo aquí a hacerme compañía
Y quédate tantito más quiero sentirte mío...
Y abrázame
y abrázame
y abrázame
y abrázame

8 comentários:

Jarbas disse...

lindo!

Serginho Tavares disse...

sempre precisamos desabafar!

du disse...

.é. esses arroubos de paixão podem criar grandes alegrias ou problemas, mas independente de resultados, é uma satisfação sentí-los. afinal, eles nos convencem de que apesar de altos e baixos, ainda vale muito a pena exercitar o coração....

.abraço.

Arsênico disse...

Eu vivo em estado permanente de urgência... a mais de 1 ano... triste...

***

Autor disse...

Que post bonitinho!
Achei muito lindo.
E alegrou meu coração!
Bjo, amigo!

Jan disse...

lindo post!!!
só pesso pra meu coraão ter calma...

bjs

Mike disse...

hum.... meigo!
do meu comment anterior, não falava de vc querido... é que agora tem uma penca de gente falando desse comercial em outros blogs e aqui no trabalho (trabalho em agencia)... acho que estao dramatizando demais, entende?!

Cara do Blog disse...

Adorei!!!
tem hora que da so vontade de escrever!