sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Dia de Loucura: Bafon Nuônibus

Você miamiga, miacoléga tá ali como eu esperando pra PAÇÁ no caixa do ÇUPÊMÊCADU cheia de pressa afinal você é uma PEÇOUA de negócios e começa a perceber que está demorando..... Leva a mão a sua gargantilha Vivara e estica seu pescoço em direção ao caixa e observa aquela anta-acelga-paraplégica-acéfala olhando absolutamente pro nada enquanto o caixa grita desesperadamente: PRÓXIMO!
é o que me aconteceu no Carrefour essa semana...... O caixa desesperado e eu tive que gritar bem alto: PRÓXIMO SENHORA!
Já vermelha ela se dirige ao caixa, sob meu íntimo e profundo desejo de que ela caísse com uma taquicardia morta ali mesmo. Mas como tenho muito Jesus na minha vida, não guardo rancores. BISTRAÍ tudo.
Já com minhas compras fui até o estacionamento pegar minha Tucson o ponto de ônibus. Lá adentro o referido coletivo (oi?) e uma senhora que já estava a muitos minutos ali "estaciona" seu corpo semi-putrefado na catraca. Pensei com meus botões cravejados de rubis, safiras e diamantes: Esta VACA estava no ponto a mais tempo que eu certamente falando mal da vida alheia, fofocando e fazendo nada de útil e deixou pra contar o dinheiro aqui dentro do ônibus. Possuída da minha gilete, saquei-a e fui em direção a vagabunda, peguei-a pelos cabelos e joguei a bolsa dela no chão, comecei a fazer perfurações na sua orelha esquerda com a intenção de abrir um círculo nela enquanto se debatia e os outros passageiros tentavam me impedir ou gritavam por misericórdia. Após conseguir rasgar a orelha esquerda eu fui para a direita completar meu serviço enquanto o ônibus ensanguentado e as pessoas horrorizadas vendo a cena tentavam salvá-la. Quando completei a outra orelha abaixei, peguei a bolsa, arranquei a alça e amarrei ela nos buracos que fiz nas orelhas da vagabunda e escrevi com o sangue que tinha caído no chão num papel e pendurei em seu pescoço: "MALA COM ALÇA". Pedi sinal e desci do ônibus com meu tailleur e meu wayfarer lindamente como se nada tivesse acontecido.

Ok gente, eu não fiz isso mas que deu vontade....ah como deu!

Bom final de semana amorzinhos...(momento Melissa saindo após espancar Ivone em caminho das Indias)

12 comentários:

BinhoSampa disse...

aff!!! pensei que não havia mais ninguém pior que eu para pegar a fila... pois a que escolho...fila de qualquer coisa.... sempre na minha frente tem um F.D.P que pára e não vai... odeio pegar fila... quando sou obrigado...já vou pensando...quem será o F.D.P dessa vez..e não tem outra....quase 99,99% ocorre.... bem... mas vc teve duas vezes no mesmo dia....aff!!!
com certeza...eu ia ter um "Dia de Fúria"....aff!!!

Ainda bem que não saiu do salto!!!

Abs:-)

FOXX disse...

medo de vc nervoso
hauahauahau

Lipe disse...

"Porque ela sabe ser fina meu amor, mas também sabe ser chave de cadeia!"

hahahaha, dependendo do dia dá vontade de fazer isso com umas 5 pessoas diferentes

David® disse...

morri de rir!!!
nao importa se é na Quarta Extra, no Carefoda ou no Sta Luzia...sempre há uma anta dessas na fila...

parabens pelo blog..to acompanhadno de perto

Arsênico disse...

...atÓron... hahaha... mas tem horas que nossa imaginaciÓn voa longe néah?...

já tive meus momentos Melisse tb... quem não teve?...

***

umBeijo!

Alan disse...

Se todo mundo tivesse um dia de fúria tão glamouroso e uma imaginação tão boa quanto a sua, o mundo seria um lugar melhor. #aloka!

Abs!

Jan disse...

Esse seu momento Melissa Cadori foi máximo!!!
"eu sou fina me bem, mas também sei ser chave de cadeia" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Medo, medo, medo...

Abraço

André Mans disse...

Por essas e outras só vou no Pão de Açucar, que é lugar de gente feliz. Ha!

Mauri Boffil disse...

hahahahahauhauahuahauaa
Ai, tenho medo dessas antas

Drico disse...

hahahahahahaha... gente que situação! O filme desenrolando na cabeça foi ótemo rsrsrs... apesar de concordar com o foxx... medo!! rsrsrs

valeu pela visita e pelo comentário!

Abração

Cocada.g disse...

Lol! Primeira vez por aqui e ja fiquei horrorizado hehe! Muito legal seu modo de vê as coisas...

Abraços!

Fabiano (LicoSp) disse...

hauhauahau...fiquei imaginando a cena e o noticiario nos jornais policiais...rs

Odeio estas pessoas q deixam pra contar o dinheiro no caixa do estacionamento, na catraca do zonibus... na fila da lanchonete do cinema, qdo vc esta a minutos de perder os traillers...rs

bjs qrido... bom feriadu